Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

Termos Técnicos Bar

 

 Termos técnicos de conhecimento geral, que devemos saber.

 

Existem outros que irão aparecer de acordo com a evolução do Blog, com a devida explicação.

 

After-Dinner Drink - bebida que se toma depois da refeição

 

Alambic (francês) – recipiente usado para a destilação.

 

Apellation controleé (francês) – designação que se usa nos vinhos de qualidade, muito especialmente nos vinhos franceses significa que o produto em questão é protegido por lei e a sua origem é autêntica. Esta expressão figura no rótulo da garrafa, e a rolha é protegida por um selo de garantia. Em Portugal usamos o termo: região vinícola demarcada.

 

Barkeeper (inglês) - chefe de bar

 

Barlist (inglês)- carta de bar, lista de preços do bar, preçário.

 

Barmaid (inglês)- profissional da secção de bar do sexo feminino.

 

Barspoon (inglês)- colher de bar, constituída por um cabo comprido, com cerca de 20 cm de comprimento, é usada no bar para misturar as bebidas.

 

Before-dinner-drink (inglês)- bebida que se toma antes de uma refeição. Aperitivo.

 

Beverage wines (inglês)- vinhos que se consomem sem ser engarrafados.

 

Berço – é um cesto, normalmente de verga para o serviço de vinhos velhos.

 

 

 

Bottle (inglês)- garrafa. A história do vidro perde-se nos tempos, mas a garrafa para fins comerciais, transporte e conservação de vinhos e outras bebidas é de uso mais recente. Foi o inglês Ashley que inventou a primeira máquina semi-automática de fazer garrafas, no entanto, esta não foi usada em Inglaterra.

 

Entre os diversos tipos de garrafas, salientamos:

Baby – designação para garrafa com capacidade de 0,16 l, geralmente utilizada para champanhe, correspondendo a ¼ do total da garrafa.

 

Nip ou Slip – o mesmo que baby.

 

Split – garrafa com capacidade para 0,375 l

 

Tradional - garrafa com capacidade para 0,75l

 

Magnum – garrafa com capacidade entre 1,5l e 1,75l muito utilizada em França e em Portugal.

 

Jeroboam - garrafa com capacidade de cerca de 3,20l.

 

Rehobom – garrafão com uma capacidade de cerca de 4,80l.

 

Methuselah – garrafão com uma capacidade de cerca de 6,40l.

 

Salmanazar – garrafão com capacidade de cerca de 6,40l.

 

Balthazar – garrafão com uma capacidade de cerca de 12,80l.

 

Nebuchadnezar – garrafão com uma capacidade cerca de 16,00l.

 

Boston shaker – shaker composto unicamente por dois copos. Utilizado para composições de muito difícil mistura. Actualmente são muito populares os boston, constituídos por uma parte de vidro e outra parte em metal flexível.

 

Bottle screw – (inglês) – saca-rolhas.

 

Bouchon – (francês) – rolha.

 

Brut – (francês) – designação usada para o champanhe muito seco.

 

Décanter – (francês) – garrafa em cristal utilizada para decantar vinhos com depósito. Em Inglaterra esta garrafa tem o nome de decanter.

 

Chambrer – (francês) – significa: elevar o vinho á temperatura ambiente, este processo pode ser utilizado no reverso, ou seja, baixar a temperatura do vinho, isto para que este possa ser consumido no seu melhor estado.

 

Corkscrew – (inglês) – saca-rolhas.

 

Crust – (inglês) – depósito de um vinho velho.

 

Dash Bottle – (inglês) – garrafa munida de conta-gotas.

 

Dash – (inglês) – quantidade que sai de uma só vez de uma garrafa munida de conta-gotas, e corresponde a 1/3 de uma colher de bar, cerca de 0,08 cls.

 

Décanter – (francês) – decantar; mudança de um líquido de uma garrafa para outro recipiente. Esta operação faz-se sobretudo para vinhos do Porto e vinhos tintos velhos.

 

Densidade – (peso) da bebida, importando para a produção de "Pousse cafés"

Exemplo:

1l de água pesa 1kg

1l de campari pesa 1,061kg

1l de dubonnet pesa 0,974kg

1l de peppermint pesa 1,120kg

(quanto mais álcool tem a bebida menos esta pesa, quanto mais doce mais esta pesa.)

Ex. o vermute tinto sendo mais doce, é mais pesado que o vermute seco.

 

Droit de bouchon – (francês) – direito de rolha usa-se este termo quando o cliente leva a garrafa para o bar ou restaurante, e, neste caso terá que pagar aquilo que a empresa determinar, na maioria dos casos esta importância não é inferior ao lucro que o estabelecimento teria na venda dessa mesma garrafa. Este termo poderá ser usado para o sistema que muitas firmas usam de dar bónus por cada rolha que o empregado apresentar.

 

Dry – (inglês) – seco, designação utilizada para vinhos, champanhes e espumantes, assim como para cocktails secos e vermutes do tipo francês.

 

Ferme-bouteille-pour-mousseux – (francês) – rolha de metal para fechar garrafas de vinho gaseificadas usadas no bar, e que não são consumidas de imediato. Esta rolha é sobretudo usada em estabelecimentos onde se vende vinhos gaseificados e champanhe a copo.

 

Fiasco – (italiano) – garrafa empalhada, na qual os italianos apresentam vinhos tipo chianti.

 

Fine – (francês) – designação corrente em França para pedir um conhaque.

 

Frappé – (francês) – termo usado para as bebidas servidas sobre gelo moído. Ex: peppermint frappé.

 

Jigger – (inglês) – medidor usado no bar para o serviço de bebidas. De outro modo geral, este objecto é composto por dois compartimentos, um com capacidade para 4 cls, o outro com capacidade para 2,5 cls.

 

Long-drink – (inglês) – bebida a partir de 22 cls.

 

Mixeboy – (inglês) – espécie de shaker eléctrico.

 

Mixing-glass – (inglês) – barglass, copo grande sem pé, com um bico de lado para auxiliar a saída da bebida, com cerca de 0,5l de capacidade, utilizado para fazer composições consideradas de fácil mistura.

 

Moussoir – (francês) – pequena vara em madeira ou metal com uma circunferência na ponta (normalmente), utilizada para retirar o gás ao champanhe..

 

Mug – (inglês) – caneca em vidro ou metal utilizada para a cerveja e algumas composições quentes e frias

 

On-the-rocks – (inglês) – termo utilizado para quando se serve uma bebida com gelo.

 

O.P. – (inglês) – abreviatura de over proof. Este termo é utilizado para indicar que determinada bebida tem um volume alcoólico superior ao normal.

 

Once – (inglês) – medida inglesa e americana, muito utilizada em livros de bar.

½ once – 1,42 cls

1 once – 2,84 cls

2 once – 5,68 cls

 

Palhas – estes materiais tem grande utilidade no bar, não para mexer as bebidas mas sim para as beber, muito especialmente as bebidas com gelo moído. As primeiras palhas que apareceram nos bares foram palhas naturais extraídas de plantas de cereais cujo caule é oco. Hoje na maioria dos bares utilizam-se palhas de material plástico e de cores variadas.

O aspecto é muito melhor mas não podem ser utilizadas em composições quentes, porque amolecem ao contacto com o calor. O uso das palhas é conhecido há cerca de 3000 anos, época em que era utilizada para beber cerveja, uma vez que nessa altura não era filtrada.

 

Proof – (inglês) – designação usada anos Estados Unidos para indicar o grau alcoólico de uma bebida. Na Europa o sistema utilizado é o gay lousack que corresponde a metade do proof e ao dobro do sistema utilizado por muitos destiladores artesanais.

 

Ruby – (inglês) – designação utilizada mundialmente para o vinho do Porto tinto aloirado.

 

Sec – designação utilizada para a solicitação por parte do cliente de uma bebida sem adição de água e de gelo. Ex. whisky sec : whisky puro sem água e sem gelo.

 

Shaker – (inglês) – utensílio de bar utilizado para misturar composições de difícil mistura. Geralmente é composto por duas ou três peças. O mais usado entre nós é o shaker de três peças.

 

Short-drink – (inglês) – bebida cuja capacidade não exceda os 7 cls.

 

Soft-drink – (inglês) – bebida sem álcool. Estas bebidas podem ser simples ou compostas, por exemplo, um cocktail médio ou long-drink, sumos, refrigerantes, etc. não podem conter qualquer ingrediente alcoólico.

 

Sparkling – (inglês) – com gás, gaseificado.

 

Sparkling wine – vinho gaseificado

 

Sparkling water – água gaseificada

 

Strainer – (inglês) – passador usado em conjunto com o copo de misturas. Placa de metal redonda com pequenos orifícios, cercada com uma serpentina de metal, e com um cabo. Pode eventualmente ser usado como auxiliar do shaker, especialmente se este for constituído por dois corpos.

 

Tawny – (inglês) – diz-se de uma vinho do Porto tinto alourado com cerca de 15 anos de idade.

 

Vintage – (inglês) – é um vinho do Porto de uma só colheita, produzido num ano de reconhecida qualidade, com características organolépticas excepcionais, retinto e encorpado, de aroma e paladar muito finos e que seja reconhecido pelo I.V.P. . O engarrafamento do vinho aprovado deve ser feito entre 1 de Julho do segundo ano e 30 de Junho do terceiro ano a contar do ano da respectiva colheita. Esta designação também é usada para champanhe, e outros vinhos de grande qualidade.

 

V.S.O.P. –(inglês) – designação de idade para os conhaques e em alguns vinhos de sobremesa que significa Very Superior Old Product ou Very Superior Old Pale.

 

Zeste – (francês) – pequena casca de limão ou laranja, cortada muito fina, utilizada em composições de bar e em cafetaria.

 

Bardochefe


Postado por bardochefe às 18:06
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.Chefe


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.últimas

. GIN's para todos os Gosto...

. O tal Gin ... Para quem g...

. O CHÁ - A segunda bebida ...

. Para saberem tudo Sobre o...

. FOTOS Pop up Bares

. A moda dos POP-Up's

. Melhores Bebidas do Ano -...

. A ARTE DO CAFÉ

. AMUSE-BOUCHE

. Decorações Cocktails

.Cábula do Chefe

. Outubro 2016

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Janeiro 2011

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Chefe


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.subscrever feeds